Amigos felizes

UM FUTURO MELHOR SÓ DEPENDE DE NÓS

QUEM SOMOS.

Somos uma empresa de alimentos saudáveis criada por jovens corajosos que acreditam que as pessoas podem ter uma vida mais plena e uma velhice mais ativa comendo alimentos melhores.

NOSSO PROPÓSITO.

Ajudar as pessoas em todo o mundo a viver vidas mais saudáveis com nossos produtos alimentícios.

NOSSA HISTÓRIA.

A Bhars nasceu como resultado do quebra-cabeças da minha vida.

 

Não foi algo único e específico. Mas a somatórias de várias experiências e insights acumulados ao longo de toda uma história.

 

O primeiro insight, veio em 2013, um dia bêbado na cozinha da Carla em Higienópolis/Brasil. Estávamos cozinhando, tomando vinho e eu estava bêbado. A Carla estava fazendo um molho a bolonhesa para o macarrão que ela tinha aprendido a receita com uma chef americana na Tv.

 

O molho ficou fantástico e tive um sentimento profundo de “certeza” que se embalasse aquele molho e vendesse, o molho seria considerado disparadamente o melhor do mercado. E falei bêbado: Devíamos embalar esse molho e vender!! Quanto será que as pessoas pagariam por isso?? E dei risada… Essa ideia ficou latente no meu sub-consciente.

 

Ironicamente, a Carla nunca mais repetiu a tal da receita! Olhando para trás, talvez a receita tenha vindo apenas para isso, para me dar aquele “start” no movimento das peças do quebra-cabeças que foi criar a Bhars.

 

Passado um tempo, ainda em 2013, estávamos prestando um serviço de representação comercial para a empresa do marido da amiga da Carla, o Victor. Era um “bico” como chamamos o trabalho temporário no Brasil. Ele produzia doces portugueses e entre os vários doces estava o Pastel de Nata (Modéstias à parte, era um excepcional produto). A empresa estava sediada em Recife/Pernambuco - Brasil.

 

Minha função era coordenar a entrada da filial da empresa em São Paulo e estruturar a mesma a operar no mercado paulista. Eu basicamente fazia de tudo um pouco: Estruturar a parte fiscal e tributária da empresa paulista, administrativo, financeiro, projetar a caixa do produto, design e até entregar os Pastéis de Nata no cliente dirigindo um Fiat Fiorino velho com gelo seco até o teto que eu ia comprar às 5 da manhã na casa do caralho pois o produto era ultra-congelado e tinha que ser entregue dentro de certas regras de temperatura no Walmart, seu principal cliente à época.

 

Um belo dia fomos chamados a sede do Walmart em Barueri para uma reunião. O Victor queria apresentar ao comprador o restante dos produtos que ele produzia na fábrica. No meio da reunião, o Victor além de oferecer os doces portugueses também acabou oferecendo "brigadeiro" que ele fazia.

 

O Victor pegou o folder com a foto do brigadeiro, pegou uma Tupperware com os brigadeiros e quando colocou na mesa, o comprador do Walmart falou para ele a seguinte frase: “Vocês sabe quantas empresas nós temos no portfólio que vendem brigadeiro? Mais de 200! Você não tem nada diferente para me oferecer?"

 

Quando ele articulou a frase houve a epifania sobre a Bhars: Porque ao invés de vender produtos dos outros, eu não crio uma empresa que venda produtos diferentes e incríveis criados por nós!??

 

Depois de pensar isso fiquei mudo, distante e introvertido o resto da reunião e do dia enquanto dentro de mim acontecia o apocalipse! Um caleidoscópio infinito de ideias, sentimentos, experiências de vida, cheiros, cores e texturas se uniram em uma ideia, como um vitral por onde a luz passa e lhe revela uma imagem à muito escondida. Einstein, Pitágoras, Lavoisier e outros tantos criadores desconhecidos pelo mundo devem ter tido o mesmo sentimento que eu, a mesma revolução, a mesma certeza que a sua vida daquele ponto em diante nunca mais seria a mesma. Eu os reconheço neste ponto.

 

Desta gênese passei a estudar alucinadamente sobre o universo dos alimentos em qualquer horário que podia, todos os dias, meses, anos! Sabia o que devia fazer, sabia onde procurar o restante das peças.

 

A ideia da internacionalização veio imediatamente. Foi uma ideia intrínseca pois entendia que deveria usar a mesma estratégia das empresas americanas e européias do pós-guerra da década de 50 e com entendimento que a empresa não poderia ser apenas "mais uma empresa brasileira”, mas deveria ser uma empresa internacional, uma multinacional.

 

Tomei uma certa distância e olhei o vitral formato, todas as peças, o todo. Me deparei com o tamanho do desafio hercúleo. Sabia que precisava de ajuda, que não poderia sozinho construir todo este universo e pensei - “A árvore é grande demais e preciso de outros jardineiros para me ajudar a cuidar pois esta dará muitos frutos”.

 

E então falei com a Carla sobre a ideia, o que queria fazer, como, quando e porquê. Mostrei o primeiro “gráfico/planing” de construção da empresa. As etapas a serem seguidas. O pontos importantes. Falei para viramos sócios nesta empreitada pois sabia que me ajudaria.

 

3 anos depois todas as peças do mosaico estavam no lugar e a Bhars estava oficialmente criada, na data do dia 30 de Abril de 2015. Agora era "mãos a obra"!

Pool Side

BUILDING A 

LEGACY

"Em cem anos ou mais, tenho total ciência de que não estaremos mais aqui. Mas deixarei um legado, materializado em uma empresa que não será mais jovem, mas será aquilo que fui em vida para as próximas gerações". By OFM